Classificação das ferramentas de pesquisa local, um pequeno spoiler, o Google Maps é o Rei

Share on facebook
Share on Facebook
Share on email
Email
Share on print
Print

O Google Maps é a ferramenta de pesquisa local dominante, seguida pelo Facebook e Yelp. O utilizador médio usa um smartphone em casa – e é mais provável que visite uma empresa/loja/escritório no dia seguinte após uma pesquisa local.

Ferramentas de pesquisa “Perto de mim”

Não é segredo que o Google Maps solidificou o seu lugar como ponto de entrada dominante na pesquisa local. De facto, uma nova pesquisa do consumidor da Brandify descobriu que 77% dos entrevistados usam o Google Maps para encontrar informações comerciais “perto de mim” bem à frente de outros sites.

Essa descoberta é apoiada por dados da GatherUp, ThriveHive e outros que mostram que o Google Maps direcciona a maior parte do tráfego local online. Curiosamente, a pesquisa da Brandify mostra que a percentagem de utilizadores do Maps diminui (51%) e a ordem dos sites muda um pouco quando os consumidores são questionados sobre quais sites / aplicativos locais eles consideram “mais úteis”.

Text Box: Que Ferramenta/site utiliza para encontrar informação sobre um negócio perto de si?

Pesquisa local foi feita através dos smartphones

A grande maioria das pessoas (81%) usa smartphones para pesquisas “perto de mim”, com um pequeno número favorecendo tablets (9%) e o restante usa computadores ou laptops (22%)

Site do negócio local é uma obrigação

Existem algumas outras coisas interessantes sobre o gráfico acima. O Facebook é a segunda opção para pesquisa de empresas locais. Isso é seguido pelas Página Amarelas e pelo “site da empresa”. Os site da empresa locais é mesmo necessário.

Nos sites seguintes, o Google Assistant / Home e o Instagram são os próximos na lista. Eles, por sua vez, lideram sobre o Apple Maps. O Instagram definitivamente está no radar de marketing para pequenas e médias empresas.

 Ação tomada após pesquisa “perto de mim”

Após uma pesquisa local, a acção que a maioria dos entrevistados provavelmente executará é “visitar a empresa local pessoalmente” (56%). Isso é seguido por “ligar para a empresa local” (36%) e enviar por e-mail ou preencher um formulário on-line (13%).

Text Box: Telefonar o negócio

Entre os entrevistados, 54% por cento disseram que visitariam o negócio pessoalmente, “imediatamente” ou no mesmo dia. E 46% disseram que visitariam nos próximos dias.

 Conclusão

O que a maioria dos proprietários de empresas locais ainda não aprecia totalmente é que a maioria das pesquisas on-line resulta numa compra off-line. Este é o caso de uso dominante agora para pesquisas não-informativas: um utilizador num smartphone a procurar um produto ou serviço, em que a transacção ou realização está offline.

Professor M
Professor M

Especialista em Marketing Local e Google My Business para pequenos negócios e empresas locais

All Posts
Se gostaste deste artigo, por favor partilha :)
Share on facebook
Share on Facebook
Share on twitter
Share on Twitter
Share on linkedin
Share on LinkedIN
Share on pinterest
Share on pinterest
Share on email
Email
Share on tumblr
Share on Tumblr
Share on reddit
Share on Reddit
Para receber Dicas, Notícias, Descontos
inscreve-te já na minha newsletter